sábado, 12 de setembro de 2009

Ménage à trois!!


A voz do povo não é a voz de Deus!
Foi o que pensei ao sair da sala do cinema após assistir o segundo filme dos Os Normais.
Sou super fã da série e amei o primeiro filme,quando soube do segundo dei pulos de alegria e não via a hora de chegar nas telonas. O filme lançou e logo vieram as críticas. No famoso bonequinho do jornal O Globo,ele bate palma sentado para o filme,o que mostra que o filme é bom. Mas as críticas não pararam por ai,vieram várias bombardeando o filme principalmente pelo tempo de duração,75 minutos.
Perdi toda a vontade de ver po filme. Não a nada pior do que ir ao cinema e se decepcionar com o filme.
Uma amiga aminha insistiu muito para que fossemos ver o filme e ao sair da sala vi o quanto as criticas estavam erradas.
Eu simplesmente adorei o filme!!
http://cinema.cineclick.uol.com.br/uploads/imagens/300x400/81899.jpg

OS NORMAIS 2-A NOITE MAIS MALUCA DE TODAS

Entediados com o casamento, Rui (Luiz Fernando Guimarães) e Vani (Fernanda Torres) saem à procura de uma terceira pessoa para apimentar a relação. Em sua busca na noite de Copacabana, encontram uma mulher (Danielle Winits) separada, cantando no karaokê de uma boate decadente, dentre outras figuras que amaluquecem ainda mais essa noite.

http://cinema.cineclick.uol.com.br/uploads/imagens/300x400/88248.jpg

Para começar,uma das melhores coisas do filme fica por conta da sua abertura,que vem com os protagonistas cantando no Karaokê a musica Viva la vida loca de Rick Martin. Muito engraçado mas ao mesmo tempo pode doer os ouvidos pois Fernanda Torres é péssima cantora.

O filme,que igual a série,se passa em uma única noite onde os protagonistas passam por diversas situações malucas. Na minha opnião esse é o ponto que diferencia este filme do primeiro,pois o primeiro filme tinha uma história em torno do casal,e neste são situações que vem acontecendo ao decorrer do filme. Iguais a esses besteiróis americanos,mas em versão brasileira. De repente esse pode ter sido o ponto fraco na visão das pessoas,que costumam sempre rebaixar o que é brasileiro. Não acho graça em uma mascara do pânico fumando maconha e cantando um rap,mas esse filme fez muito sucesso,mas se fosse feito aqui tenho certesa que as críticas seriam negativas.

http://www.cinepop.com.br/fotos2/normais2_4.jpg

Muitas piadas do filme são forçadas,como a do Urineu. Mas mesmo assim nos levam ao riso pela situação e a excelente atuação dos atores.

http://cinema.cineclick.uol.com.br/uploads/imagens/300x400/81901.jpg

O caso do filme ter apenas 75 minutos de duração foi bem positivo,ja que não ficou uma coisa enjoativa. Ultimamente vem acontecido muito isso com os filmes,principalmente os de comédia,que por serem compridos é chegada a uma parte do filme onde não tem mais pra onde ir,começa então a ser empurrado com a barriga,fazendo o telespectador se enjoar do filme.
Também é positivo pelo fato de ser rápido e prático. Você entra,se diverte e sai. Diferentes dos filme com 3 horas de duração onde tem que ser bem fã para se aguentar até o final.

http://cinema.cineclick.uol.com.br/uploads/imagens/300x400/81897.jpg

O filme pareçe mais um especial de fim de ano da Globo,mas é super divertido. E como todo bom filme brasileiro cheio de palavrões,e situações de sexo,mas sem apelar.
Outra coisa positiva do filme é que em muitas cenas o casal se separa e cada um passa um por uma situação,risadas em dobro.

O melhor do filme fica por conta de Vani fumando um cachimbo e ficando drogada.
Mas o que marca mesmo o filme é que finalmente o casal sai do noivado e se casam!!


Trailher Proíbido!!

video