sexta-feira, 5 de junho de 2009

Polêmica Na Tela!


DO COMEÇO AO FIM


Desde que vazou na rede no início do mês, o vídeo promocional do filme "Do Começo ao Fim" tem causado polêmica na internet. Dirigido por Aluízio Abranches, de "Um Copo de Cólera" e "As Três Marias", o filme mostra a relação incestuosa entre os meio-irmãos Francisco e Thomás, vividos pelos atores João Gabriel Vasconcellos e Rafael Cardoso. No elenco, estão ainda Julia Lemmertz, como mãe dos rapazes, e Fábio Assunção como o pai de um deles.

E a polêmica promete aumentar ainda mais. Afinal, não é sempre que vemos um filme gay nacional. Mais difícil ainda é ver um filme sobre incesto gay.

http://cinema10.com.br/upload/filmes/filmes_460_Do%20comeco%20ao%20Fim%204.jpg

Do Começo ao Fim é uma história de amor. A história de Francisco e Thomás e de sua família: Julieta, Alexandre e Pedro. Com uma narrativa particular o filme pretende contar a história de um amor incondicional como uma possibilidade, como um contraponto para um mundo cheio de violência, medo e intolerância.
1986 - Thomás, filho de Julieta e Alexandre, nasce com os olhos fechados e assim permace durante várias semanas. Julieta não se preocupa e diz que quando o filho estiver pronto, que quando ele quiser, ele abrirá os olhos. Foi assim, nos primeiros dias de vida que Thomás aprendeu o que era livre arbítrio. Um dia, sem mais nem menos, Thomás abre os olhos e olha direto para Francisco, seu irmão de 6 anos.
1992 - Julieta é uma linda mulher e uma mãe amorosa. É médica de um hospital e trabalha no setor de emergência. É casada pela segunda vez com Alexandre, pai de Thomás. Pedro, seu primeiro marido e pai de Francisco mora na Argentina. Julieta e ele continuam bons amigos. Durante a infância, os irmãos são muito próximos, talvez próximos demais, segundo Pedro, que passa uma temporada com eles em Buenos Aires.
2008 - Anos mais tarde, quando Francisco tem 27 anos e Thomás 21, Julieta morre repentinamente em um acidente de carro. Francisco e Thomas se tornaram amantes e vivem uma extraordinária história de amor.
http://cinema10.com.br/upload/filmes/filmes_460_Do%20comeco%20ao%20Fim%203.jpg

Apesar das cenas dos irmãos trocando carinhos no banho e na cama, Abranches faz questão dizer que não fez um "filme gay", e nem saberia dizer se os personagens que criou são necessariamente homossexuais.
"Pode ser uma relação que acontece só entre os dois, quis apenas tratar de dois assuntos que me interessam bastante, que são as relações amorosas e a família. O fato de Francisco e Thomás serem meio-irmãos não foi uma forma de aliviar a história. Não tinha nem o que aliviar ali. Quando jovem fui um ávido leitor de Eça de Queiroz e reli 'Os Maias' várias vezes, talvez na esperança de que alguma vez os protagonistas fossem ter um final feliz. No meu filme, queria uma história de amor , entre irmãos que não tivesse que acabar em sangue, como sempre acontece"
Diz Abranches, que não vê problemas numa relação como a retratada no filme: "estou esperando alguém me dizer porque não poderia acontecer".
Uma das características do filme que mais deve causar desconforto, segundo o diretor, é o fato de a relação de Francisco e Thomás ser tratada como algo perfeitamente normal.
"Quero poder levantar uma discussão sobre esses dois tabus, mas sem focar neles; em nenhum momento no filme isso [a viabilidade do romance] é posto em discussão".
Ele também acredita que a relação incestuosa retratada não é mais polêmica do que o fato de serem dois homens.
"Já li comentários indignados por causa do incesto, mas tenho certeza de que o que incomoda mais é a relação entre dois rapazes. A homossexualidade é mais tabu que o incesto intre irmãos"
Desde o vazamento do vídeo promocional - a idéia era divulgar um trailer mais próximo da estreia - já foram criadas 25 comunidades sobre o filme no Orkut, que somam mais de 40 mil membros. O vídeo no Youtube já atraiu 300 mil visualizações, apesar de ter sido apagado algumas vezes, segundo o diretor. Os quase mil comentários dos internautas em apenas um deles vão da indignação ao entusiasmo.
Para Abranches, o fato de serem dois atores bonitos (Vasconcellos também é modelo) não tem nada de apelativo.
"O filme não é sobre a beleza dos dois. Mas o tema principal do filme - o amor - é bonito, e nada mais coerente do que atores bonitos nesses papeis".


Preocupado com a estética do filme, o diretor conta que convidou seu colega Ueli Steiger para cuidar da fotografia de "Do Começo ao Fim". Steiger já assinou a fotografia de blockbusters hollywoodianos como "10.000 AC" e "O Dia Depois de Amanhã".
"Do Começo ao Fim" está em fase de finalização e deve ficar pronto em três meses, e ainda não tem data de estreia definida. Com cenas rodadas no Rio de Janeiro e em Buenos Aires, o orçamento deve chegar a R$ 2 milhões, valor considerado baixo por Abranches. Se o tema polêmico do filme pode ter compremetido a captação de recursos, a distribuição está garantida, conta o diretor. E depois das primeiras discussões e debates, as expectativas são otimistas.
*fonte: UOL Cinema

A data da estréia ainda não foi marcada, mas a produtora Pequena Central, de Marco Nanini, planeja colocar o longa nos cinemas ainda este ano.


Vamos lá! Na minha humilde opnião,por mais que não deva, homossexualidade ainda é um assunto polêmico. Filmes, livros, novelas ou qualquer material que coloque o assunto em pauta tende a gerar alarde e é difícil passar com indiferença pela maioria. E com essa polêmica vem a mídia,e com a mídia o dinheiro!
Pegando a onda do filme o Segredo de Brockeback Moutain,Do Começo ao Fim vai muito além do homossexualismo,deixando assim o público divido. Onde os homossexuas vangloriam,os simpatizantes aprovam,os liberais ficam curiosos e os homofóbicos revoltados. E é nesse debate em que entra o verdadeiro motivo de tudo isso...O DINHEIRO!
Os filmes de hoje em dia estão vindo cada vez mais gritantes,brigando entre si pela admiração do telespectador. A cada dia que passa somos bombardeados por filmes de todas as espécies e estilos,que não deixam ninguem na mão. São efeitos,opção sexual,religião,entre outras coisas que nos fazem sair do conforto de nossas casas direto para a cadeira do cinema.
Ao assistir o trailer deste filme eu até me arrepiei! Fiquei muito confuso,espantado e ao mesmo tempo curioso em saber onde aquilo ia levar...Mas sei que não termina bem...Nunca termina!
Vivemos em um mundo onde encontramos coisas ruins a cada canto que olhamos,onde a maioria das vezes em que abrimos os olhos para a realidade sentimos medo e dor...E não é assim que quero me sentir na sala do cinema. Quero fugir da realidade,usar daquela sala como um refugio,um lugar onde que pelo menos duas horas eu seja uma pessoa bem melhor e que me esqueça dos problemas do mundo!
Aonde foram parar aqueles filmes como nas décadas de 30,40,50...Onde haviam grandes filmes que eram tomados pela músicas e pelo amor...Comédia,romance,drama,musical,não importava o estilo do filme eles arrastavam multidões para os cinemas e eram grandes concorrentes ao Oscar!!
Emfim,mudei totalmente de assunto,mas uma coisa leva a outra...
Quero sim ver Do Começo Ao Fim,mas torço para que um dia a "7ª Arte" seja levada mais a sério e que os filmes voltem a serem feitos com paixão e não com o propósito de riqueza!!


Confira o Trailer

video